You are using an outdated browser. For a faster, safer browsing experience, upgrade for free today.
  1. Notícia

  2. EPI: você sabe o que é?

    Em razão da pandemia COVID-19 muito tem se falado sobre a necessidade de fornecimento e uso de EPI. Mas você sabe o que é?

    Pois bem.

    EPI significa EQUIPAMENTO DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL, e é todo equipamento/produto/dispositivo, de uso individual, utilizado pelo trabalhador para sua proteção contra riscos capazes de geral danos e risco à sua saúde.  O uso do EPI é regulamentado pela Norma Regulamentadora número 6 (NR6).

    É importante esclarecer que o uso de EPIs deve ser feito tão somente quando não for possível a adoção de medidas que eliminem os riscos. Ou seja, caso o empregador tenha possibilidade de fazer encerrar o risco, ele deverá optar por não expor seu empregado ao risco.

    Porém, para evitar ou tentar diminuir a incidência de acidentes de trabalho, o empregador deve adotar uma série de medidas e fornecer os equipamentos necessários para isso.

     

    Quais as obrigações do empregador quanto ao uso do EPI?

    ·         Adquirir o equipamento adequado ao risco de cada atividade;

    ·          Exigir que o funcionário use o EPI;

    ·          Fornecer ao trabalhador somente o equipamento que estiver em acordo com o que foi aprovado pelo órgão nacional competente em matéria de segurança e saúde no trabalho;

    ·          Orientar e capacitar o trabalhador sobre o uso adequado, guarda e conservação;

    ·         Determinar a substituição imediata do equipamento danificado ou extraviado;

    ·         Fazer a higienização e manutenção periódica;

    ·         Comunicar o Ministério do Trabalho e Emprego sempre que houver alguma irregularidade;

    ·         Registrar o fornecimento do equipamento ao trabalhador, por meio de livros, fichas ou sistema eletrônico.

     

    Quais os deveres do empregado/trabalhador com o EPI?

    ·         Usar o equipamento somente para a finalidade adequada ao seu uso;

    ·         Responsabilizar-se pela guarda e conservação do material;

    ·         Comunicar ao empregador as condições físicas do equipamento e qualquer alteração que o torne impróprio para uso;

    ·         Cumprir as determinações passadas pelo empregador sobre o uso adequado do item.

     

    Quais são os tipos de EPI?

    A NR6 lista uma série de itens de proteção para regulamentar o que deve ser protegido. A norma divide os equipamentos conforme as partes do corpo que devem ser protegidas de eventuais acidentes.

    Exemplos:

    ·         Proteção auditiva: abafadores de ruídos ou protetores auriculares;

    ·         Proteção respiratória: máscaras e filtro;

    ·         Proteção visual e facial: óculos e viseiras;

    ·         Proteção da cabeça: capacetes;

    ·         Proteção de mãos e braços: luvas e mangotes;

    ·         Proteção de pernas e pés: sapatos, botas e botinas;

    ·         Proteção contra quedas: cintos de segurança e cinturões.

     

    As regras de segurança no ambiente de trabalho devem ser respeitadas e, principalmente conhecidas por todos já que tanto trabalhadores como empregadores têm direitos e deveres e devem saber cobrar e assumir responsabilidades.

  3. Rua Baronesa do Gravataí, 137/204
    Cidade Baixa - Porto Alegre/RS

    Horário de funcionamento:
    De segunda à sexta das 8h as 18h.