You are using an outdated browser. For a faster, safer browsing experience, upgrade for free today.
  1. Notícia

  2. Amigo fiador

     

    O instituto da fiança se apresenta de forma costumeira nas relações que envolvem a locação de um imóvel. A finalidade de um fiador é a garantia de que a dívida que está sendo assumida seja paga, ou seja, o fiador se une ao devedor principal a fim de garantir o adimplemento da obrigação por este assumida.

    E, muito embora haja previsão legal de outros tipos de garantia, o fiador é a mais utilizada delas.

    O que nem todos sabem são os riscos que envolvem, por isso, é importante ficar atento às responsabilidades assumidas e, sobretudo, à relação de confiança que se tem com o afiançado. Afinal, não são poucas as histórias de amizades e relações familiares que se rompem em razão de um contrato de fiança.  

    Tal situação é facilmente comprovada em razão das diversas demandas ajuizadas diariamente envolvendo esse tipo de questão. 

    Ser fiador envolve riscos e disso não há como fugir, porém, existem medidas que podem ser adotadas a fim de minimizar uma possível “dor de cabeça”.

    - Faça uma pesquisa sobre o afiançado: salários, finanças e afins, busque saber se ele poderá arcar com os custos sem dificuldades.  

    - Antes mesmo de aceitar ser fiador, avalie os riscos e, também o impacto de tal medida em seu patrimônio.

    - Acompanhe se o devedor, para o qual você está servindo de fiador vem cumprindo com a obrigação. Você pode, inclusive, solicitar comprovantes de pagamentos mensais para poder verificar a situação. Isso demonstrará sua preocupação perante o devedor e, ainda, poderá lhe preparar para uma possível cobrança.

    - Preste atenção na hora de assinar o contrato, leia com cautela todos os detalhes. Saiba que tipos de responsabilidade você está assumindo.

    - Se você tem dúvidas e não se sente confortável para ser fiador, proponha ao locatário a utilização de uma alternativa, como o seguro fiança, por exemplo.

    - Caso já seja um fiador e não está sentindo transparência por parte do afiançado, poderá solicitar a exoneração da responsabilidade, mediante comunicação por escrito, para que haja desligamento de forma legal.

  3. Rua Baronesa do Gravataí, 137/204
    Cidade Baixa - Porto Alegre/RS

    Horário de funcionamento:
    De segunda à sexta das 8h as 18h.